PUBLICIDADE


O prefeito de Alto do Rodrigues, Abelardo Rodrigues, externou seus sentimentos de pesar pela morte  da ex-governadora Wilma de Faria (PT do B), que faleceu às 23h40 desta quarta-feira, 15, no hospital São Lucas, na capital potiguar, onde vinha lutando contra um câncer.

Wilma morreu aos 72 anos, deixando 4 filhos: a deputada estadual Márcia Maia, Ana Cristina, Cíntia e Lauro, mais 13 netos.

A história política da ex-governadora ficou marcada por ter sido a primeira mulher potiguar a ocupar cargos eletivos importantes como o executivo natalense e do Rio Grande do Noirte. Ela também foi deputada federal e atualmente exercia o cargo de vereadora em Natal.


Reconhecida pela população por ter realizado uma das melhores gestão a frente do executivo estadual, a "Guerreira", como ficou conhecida em sua trajetória política no Estado, também contribuiu para o desenvolvimento do município de Alto do Rodrigues com suas importantes ações quando comandava o executivo potiguar.

Prefeito Abelardo externa seus sentimentos de pesar pela morte de Wilma de Faria


O prefeito de Alto do Rodrigues, Abelardo Rodrigues, externou seus sentimentos de pesar pela morte  da ex-governadora Wilma de Faria (PT do B), que faleceu às 23h40 desta quarta-feira, 15, no hospital São Lucas, na capital potiguar, onde vinha lutando contra um câncer.

Wilma morreu aos 72 anos, deixando 4 filhos: a deputada estadual Márcia Maia, Ana Cristina, Cíntia e Lauro, mais 13 netos.

A história política da ex-governadora ficou marcada por ter sido a primeira mulher potiguar a ocupar cargos eletivos importantes como o executivo natalense e do Rio Grande do Noirte. Ela também foi deputada federal e atualmente exercia o cargo de vereadora em Natal.


Reconhecida pela população por ter realizado uma das melhores gestão a frente do executivo estadual, a "Guerreira", como ficou conhecida em sua trajetória política no Estado, também contribuiu para o desenvolvimento do município de Alto do Rodrigues com suas importantes ações quando comandava o executivo potiguar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário